Assembleia Geral Extraordinária

11 de janeiro de 2019
Assembleia Geral Extraordinária

A Assembleia Geral Extraordinária do Esporte Clube Ginástico, que seria realizada no dia 11 de janeiro, foi remarcada para 1º de fevereiro.

É de extrema importância a participação dos sócios proprietários, beneméritos e fundadores. A reunião será em nossa sede (Av. Afonso Pena, 3328. Bairro Cruzeiro) e as pautas e horários permanecem os mesmos:

APROVAÇÃO DAS REFORMAS ESTATUTÁRIAS
Horário: 19h30 em 1ª convocação ou às 20h em 2ª convocação

APRESENTAÇÃO E APROVAÇÃO DO PROJETO ARENA GINÁSTICO
Horário: 20h30 em 1ª convocação ou às 21h em 2ª convocação

Contamos com a sua presença

Está mais fácil pagar sua mensalidade do Ginástico

29 de outubro de 2018
Está mais fácil pagar sua mensalidade do Ginástico

 

Via DDA

Já conhece o DDA? O Débito Direto Autorizado é um sistema que permite substituir a emissão física de seu boleto pela entrega eletrônica. Pelo sistema, você acessa suas contas via internet, caixa eletrônico ou telefone, e escolhe o melhor meio para pagá-las. Diferente do Débito Automático, o pagamento via DDA só é feito após a aprovação do correntista.

Os boletos podem ser pagos sem a necessidade de leitura do código de barras ou digitação de sua representação numérica, ou seja, mais simplicidade para você!

Procure o gerente do seu banco, se informe e faça o cadastro. Se precisar de mais informações, nosso financeiro está pronto para te ajudar.

Cartão

Para você que prefere receber os boletos em casa e quitá-los no Ginástico, temos uma ótima novidade: passamos a aceitar cartões de crédito e débito na secretaria. Importante: caso não esteja recebendo as cobranças e não tenha optado pelo DDA, entre em contato com o clube pelo (31) 3221-8044

 

CBC retoma Campeonatos Brasileiros Interclubes

28 de julho de 2018
CBC retoma Campeonatos Brasileiros Interclubes

O Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) divulgou nota esta semana informando que serão retomados os Campeonatos Brasileiros Interclubes. As competições serão reestruturadas e os valores para a aquisição dos equipamentos previstos no Edital 7 serão mantidos para as entidades que possuem a certificação do Ministério do Esporte, independente da continuidade ou não da Medida Provisória 841.

Governo irá editar MP

No último dia 13, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou durante um café da manhã com jornalistas que “a revogação da MP 841 é decisão já tomada”. Ainda segundo Marun, será publicada uma nova MP sobre o tema, que vai garantir recursos para as áreas de Segurança, Esporte e Cultura.

Lanchonete de cara nova

26 de junho de 2018
Lanchonete de cara nova

A lanchonete do Ginástico começa a ser administrada por uma nova empresa concessionária e a mudança levará um atendimento ainda melhor aos nossos associados e atletas. O cardápio ficará mais variado, com diversas opções de sanduíches, sucos, vitaminas, churrasquinhos, drinks e cervejas. As principais novidades ficam por conta dos pratos individuais – que vão desde filé de tilápia com alcaparras a feijoada – e dos caldos.

Um dos proprietários, Thiago Rodrigues, aposta no sucesso da tábua mista e na nova porção de fritas com queijo. De acordo com ele, a preocupação será em melhorar a qualidade dos serviços prestados, oferecendo uma alimentação mais saudável e variada, sem um aumento de custo.

Todos contra a MP 841/2018 e a favor do esporte

25 de junho de 2018
Todos contra a MP 841/2018 e a favor do esporte

A Medida Provisória 841/2018 assinada em junho pelo presidente da República, Michel Temer, trouxe preocupação a todos que amam o esporte e sabem de sua importância como política pública no Brasil. A ementa dispõe, dentre outras coisas, da transferência de parte da verba das loterias federais do esporte para a segurança pública.

Confederações, organizações e atletas se uniram contra a MP. Em nota, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) esclarece que, embora o meio esportivo concorde que a segurança pública é tema prioritário, não é sacrificando o setor que mais contribui para retirar da rua crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social que avançaremos na solução do problema da violência no país: “as perdas serão irreparáveis não só para a formação de atletas, mas de cidadãos”, aponta.

Ainda de acordo com o COB, o Brasil já convive com a falta de uma política esportiva: “a redução prevista na MP do pouco que hoje é investido nos esportes educacional, de rendimento e de participação, em alguns anos ocasionará um aumento ainda maior nos já alarmantes índices de violência. Em todo o mundo é sabido que o esporte é um poderoso instrumento de prevenção à criminalidade”.