Página inicial !
PRINCIPAL
O CLUBE
NOTÍCIAS
EVENTOS
GALERIA DE FOTOS
 
LDB 2013: Top 25 da sede BH
   
 

LDB 2013 - Top 25 da sede BH

Confira quais foram os 25 jogadores que mais chamaram a atenção na 4ª etapa da LDB 2013 em Belo Horizonte.
Carioca - armador do Ginástico conquistou o 1º lugar. Rafael Oliveira, Luisinho e Gedson também apareceram como destaques.
Confira a matéria completa em: http://lnb.com.br/territorio/top-25-da-sede-bh-4ª-etapa-da-ldb-2013/

Neste sábado, 12 de outubro, terminou a 4ª etapa da LDB 2013!

20 times se enfrentaram em duas sedes, na semana anterior em Belo Horizonte e, nesta última, em Recife.

A exemplo do que fizemos nas 3 primeiras etapas, chegou a hora de listarmos pra vocês os 25 destaques das duas sedes da 4ª etapa do campeonato!

Começando pela capital mineira.

A lista não foi feita com base nos números, o que foi levado em conta é o que vimos em quadra nestes 25 jogos de cada sede, não as planilhas estatísticas que serviram apenas de apoio. Só entraram na lista aqueles que fizeram pelo menos 3 dos 5 jogos de sua equipe nesta etapa.

Vamos aos destaques!

25) Gedson (Ginástico)

Ala pivô de 2m00, nascido em 1991. Um dos maiores potenciais físicos desta Liga de Desenvolvimento. Gedson é um jogador extremamente forte e rápido. Capaz de marcar pivôs da posição 5, está sempre presente na briga pelos rebotes no garrafão tanto de ataque como no de defesa.

 

24) Ferrugem (Bauru)

Ala armador de 1m84, nascido em 1992. Ferrugem foi o 6º Homem na campanha do vice campeonato bauruense na 1ª edição da LDB. Na temporada passada perdeu espaço na rotação do técnico Hudson Previdelo, mas na atual edição da Liga de Desenvolvimento, aos poucos, vai recuperando seus minutos em quadra. Mais confiante, em BH voltou a mostrar a boa pontaria nos tiros longos que tanto ajudou o Bauru na primeira LDB e mostrou que ainda tem condições de ajudar sua equipe.

 

23) Murilo Veloso (Goiânia)

Ala de 1m98, nascido em 1993. Um pontuador nato, esta é a melhor definição para Murilo Veloso. Dono de um poderoso corte, baseia todo seu jogo em sua capacidade de pontuar, quase sempre em infiltrações. Quase não chuta, nem de fora e nem de média distância, mas mesmo assim concentrou boa parte das ações ofensivas do time goiano em BH.

 

22) Igor Avelino (Vitória-ES)

Ala de 2m00, nascido em 1993. Jogador muito versátil, capaz de executar várias funções dentro de quadra. Joga aberto, chuta de fora, mas devido a sua grande força física também se arrisca na briga no garrafão. Na equipe capixaba foi peça fundamental não só no esquema ofensivo do técnico Frederico Carvalho, mas também na luta pelos rebotes.

 

21) Lukinha (Limeira)

Armador de 1m83, nascido em 1994. Um jogador explosivo, Lukinha compensa a baixa estatura com muita velocidade, intensidade e explosão. Muito bom na transição, também conta com um poderoso jogo de corte e infiltração o que o permite abrir as defesas adversárias. Tem bom chute de média e longa distância, sem falar no papel de liderança que exerce sobre o grupo limeirense.

 

20) Ton (Minas)

Ala pivô de 2m04, nascido em 1993. Um jogador extremamente forte, atlético, participativo, vibrante e voluntarioso. Ton é daqueles caras que estão sempre tocando a bola na briga pelos rebotes, incomoda os adversários tanto no garrafão de defesa como no de ataque. Tem braços longos e um bom tempo de tocos, o que o transformam em uma importante arma na defesa minastenista.

 

19) Luisinho (Ginástico)

Ala de 1m97, nascido em 1993. Sem dúvida alguma um dos jogadores mais atléticos da LDB 2013. Mesmo tendo perdido tempo de quadra em BH, quando jogou Luisinho não decepcionou. Manteve a mesma intensidade e força das etapas anteriores, muito bom na transição e no jogo de um contra um. Sem falar em suas plásticas enterradas.

 

18) Felipe Soeiro (Grêmio Náutico União)

Ala de 1m96, nascido em 1996. A chegada de poucos jogadores impactaram tanto suas equipes como a de Felipe Soeiro ao Grêmio Náutico União. Ele foi a dose de força que faltava ao técnico time gaúcho. O atleta, formado no União e com passagem por Limeira, tem um grande leque ofensivo, pontuando tanto de fora como de dentro do garrafão. Muito forte, é um interessante prospecto do basquete brasileiro.

 

17) Lelê (Limeira)

Ala de 1m96, nascido em 1996. Mais um sub 17 na lista, ele é um chutador nato. Filho do pivô Telmo, maior cestinha da história de Limeira, Lelê já mostrou que também tem o faro pra cesta. Esguio e com braços bem longos, também é uma importante peça na briga pelos rebotes, mas com certeza a principal característica do seu jogo é a enorme facilidade para pontuar, tanto em tiros longos como de média distância.

 

16) Rafael Mauro (Vila Velha)

Ala de 1m94, nascido em 1992. Muito técnico, Rafael Mauro compensa a questão física com bons fundamentos e muita facilidade para pontuar. Ao longo da competição ele se estabeleceu como o principal pontuador do Vila Velha, mesmo com o time capixaba contando com outro pontuador nato, Robson Vésper. Também é peça fundamental na briga pelos rebotes. Mas apesar de manter o bom nível de atuações nas 4 etapas da LDB 2013, precisa cuidar da parte física. Melhor condicionado poderia ser um atleta ainda mais decisivo.

 

15) Ricci (Franca)

Armador de 1m85, nascido em 1995. Luís Felipe Ricci é um armador nato, um verdadeiro controlador de jogo. O atleta francano compensa a baixa estatura com muita inteligência, força e intensidade, jogando muito forte dos dois lados da quadra. Apesar do grande poder de organização, o ponto alto do seu jogo está na defesa, onde é capaz de complicar a vida dos melhores armadores da LDB.

 

14) Johann Favero (Grêmio Náutico União)

Ala de 1m93, nascido em 1995. Johann confirmou em BH o que já havia mostrado em Bauru, que é um dos maiores potenciais do time do Grêmio Náutico União. Rápido, esguio e com braços bem longos, ele possui um poderoso jogo de corte e infiltração e concentra todas suas ações ofensivas no garrafão. Um jogador de personalidade que aparece nos momentos cruciais. Melhorando seu chute e o corte pro lado da mão ruim tem tudo pra se tornar um jogador da elite do basquete nacional.

 

13) Fernando Salsamendi (Círculo Militar do Paraná)

Ala de 1m96, nascido em 1996. Sem dúvida alguma um dos atletas mais interessante da geração 96 brasileira. Técnico, rápido e explosivo, Fernando Salsamendi tem uma impressionante facilidade para pontuar. Chuta bem de longa e média distância, sem falar em seu ótimo jogo de corte e infiltração, muitas vezes finalizado com poderosas cravadas. A cada etapa ganha mais espaço no esquema do treinador Daniel Lazier.

 

12) Boizão (Círculo Militar do Paraná)

Ala pivô de 1m95, nascido em 1991. Sua performance caiu em relação às etapas anteriores, ainda assim jogou o suficiente pra aparecer no 12º lugar da nossa lista. Na falta de um pivô nato em seu time, Boizão tem jogado na posição 5 na LDB 2013. E mesmo com apenas 1m95 tem se saído muito bem. Muito inteligente, o ala pivô da equipe paranaense tem uma leitura privilegiada do jogo. Ofensivamente agride tanto de dentro como aberto e na defesa sabe se posicionar de maneira inteligente, compensando a baixa estatura e se virando bem na briga no garrafão.

 

11) Bruno Borges (Franca)

Ala de 1m90, nascido em 1994. Um jogador vigoroso, voluntarioso e participativo. Bruno Borges tem a cara do basquete francano. Marca forte, vibra, joga com o coração. Mesmo não sendo dos mais altos, é fundamental na briga pelos rebotes, tanto no garrafão de defesa como no de ataque. Jogador de muita personalidade, gosta do jogo mais pegado e costuma aparecer em momentos importantes. Mete suas bolas de fora e exerce papel de liderança no grupo francano, não foram poucas as vezes que o vimos chamando a atenção dos seus companheiros em quadra.

 

10) Leonardo Demetrio (Minas)

Ala pivô de 2m06, nascido em 1994. Leonardo Demetrio não jogou nem metade do que sabe na etapa de BH, ainda assim foi suficiente pra aparecer bem colocado em nosso Top 25. Jogador extremamente técnico, ele é um dos atletas mais talentosos da nova safra brasileira. Léo tem ótimos fundamentos, jogo de frente e de costas pra cesta, pontua tanto dentro como fora do garrafão. Um jogador completo que nesta na LDB 2013 ainda não mostrou todo seu potencial e categoria, como o fez na etapa francana na edição passada da competição.

 

9) João Pedro (Franca)

Pivô de 2m08, nascido em 1995. Em Belo Horizonte, João Pedro recuperou seu nível de atuações da 1ª etapa da LDB 2013, em São Sebastião do Paraíso. O pivô tem um jogo extremamente simples e eficiente, o rei dos quadradinhos. Com boa colocação e o excelente biotipo; pernas e braços longuíssimos, João Pedro é fundamental no trabalho de rebotes da equipe francana, e tem um tempo de tocos incrível. Pra completar, ainda é um dos principais pontuadores do time.

 

8) Rafa Moreira (Minas)

Ala de 1m98, nascido em 1991. Com um problema na lombar, Rafa Moreira foi poupado em um dos jogos e teve seu tempo de quadra limitado na etapa belo horizontina da LDB 2013. Ainda assim, quando atuou, mostrou todo sua qualidade, principalmente no lado ofensivo da quadra. Grande chutador, Rafa Moreira é um jogador letal. Tem ótimo chute de média e longa distância e, incrementando seu jogo interno, tem tudo pra despontar como um dos grandes nomes do basquete nacional.

 

7) Kesley (Bauru)

Pivô de 2m00, nascido em 1991. Kesley segue sua trajetória de grande evolução e desenvolvimento que vem apresentando desde a primeira edição da Liga de Desenvolvimento. Em Belo Horizonte teve uma lesão muscular que o deixou de fora de um jogo e limitou sua atuação em outros dois. Em compensação, antes da contusão jogou o fino da bola, mais uma vez concentrando as atuações ofensivas da equipe bauruense, atual campeã da LDB.

 

6) Ivan Falco (Círculo Militar do Paraná)

Armador de 1m83, nascido em 1992. Um típico armador argentino, cerebral no ataque e um carrapato na defesa. Em Belo Horizonte Falco voltou a mostrar o seu melhor jogo, registrando atuações tão boas como as que teve em São Sebastião do Paraíso, na 1ª etapa da competição. Além de um grande organizador e de sua exímia leitura do jogo, o argentino também contribui com pontuação, seja nos tiros longos, seja em rápidas infiltrações.

 

5) Dú Sommer (Limeira)

Ala pivô de 2m04, nascido em 1994. Dú Sommer não disputou as duas primeiras etapas da LDB 2013. Na 3ª já havia atuado bem, mas na 4ª, em Belo Horizonte, mostrou do que é capaz. Um jogador explosivo que reúne técnica e força. Versátil, atua tanto na posição 4 como na 5 e nas duas se sai muito bem. Dú pontua, reboteia, dá tocos e, além do incremento técnico e físico que dá ao jovem time limeirense, ainda injeta confiança em todos seus companheiros, é impressionante como sua presença em quadra faz com que todos os comandados por Jece Leite cresçam.

 

4) Rafa Oliveira (Ginástico)

Ala de 1m96, nascido em 1993. Rafa Oliveira é um jogador extremamente discreto, dotado de grande senso coletivo, é daqueles caras que atuam 100% para a equipe. Em Belo Horizonte o ala teve uma atuação explosiva, sendo fundamental para que seu time, o Ginástico, saísse invicto da 4ª etapa da competição. Apareceu nos momentos cruciais de duelos decisivos para a equipe da capital mineira, como nos jogos contra Franca e Limeira. Apesar de não ter nem dois metros de altura, foi essencial na briga pelos rebotes, principalmente na tábua ofensiva onde coletou sobras que garantiram triunfos importantíssimos para o Ginástico que, com essas 5 vitórias, encaminhou sua classificação.

 

3) Henrique Coelho (Minas)

Armador de 1m86, nascido em 1993. Henrique Coelho é um dos jogadores que mais evoluiu da primeira para a terceira edição da Liga de Desenvolvimento. Além de toda a potência física que sempre apresentou no basquete de base, nesta edição da competição Coelho vem mostrando um jogo mais cerebral, lúcido e maduro. Ele vem mantendo seu grande volume de jogo, mas diminuiu sensivelmente seus desperdícios de bola. Cadenciando e acelerando o jogo quando necessário, Coelho é o maestro do Minas nesta LDB, sem falar em seu fundamental papel no melhor sistema defensivo do campeonato.

 

2) Danilo Fuzaro (Minas)

Ala armador de 1m95, nascido em 1994. Danilo Fuzaro é com toda certeza um dos jogadores mais intensos e explosivos do basquete brasileiro, e aqui não falamos somente de Liga de Desenvolvimento, mas do panorama geral da bola laranja no país. No lado de trás da quadra, um exímio defensor com tocos insanos, daqueles que raramente vemos pelas bandas de cá. No ataque um jogador insinuante, com poderoso jogo de corte e infiltração, grande impulsão e enterradas cheias de estilo, com muita força e técnica. Durante a 1ª etapa da LDB 2013, em São Sebastião do Paraíso, Robson Vesper dizia que caso Fuzaro começasse a meter bolas se transformaria em um futuro próximo no melhor jogador do basquete brasileiro. E nas etapas do Rio e Brasília suas bolas caíram. Em BH nem tanto, mas após cada jogo na capital mineira ele podia ser visto treinando arremessos com Leonardo Demétrio e o resultado desta dedicação vem aparecendo em quadra, Fuzaro vem melhorando a cada dia seu arremesso.

 

1) Carioca (Ginástico)

Armador de 1m86, nascido em 1993. Sem dúvida alguma, Patrick Vieira, o Carioca, é um dos principais destaques da atual edição da Liga de Desenvolvimento. Rápido, habilidoso, extremamente técnico e muito forte, ele é um armador completo, capaz de pontuar e organizar sua equipe. A exemplo do que aconteceu nas etapas anteriores, Carioca jogou bem em todas as partidas em Belo Horizonte, alcançando seu ápice no último jogo da etapa, contra o atual campeão Bauru, quando anotou o 2º triplo duplo da história da competição com 12 pontos, 10 assistências e 10 rebotes na imponente vitória do Ginástico por 75 X 38. Ele possui um corte poderoso e quando parte rumo à cesta é dificílimo contê-lo. Carioca vem crescendo a cada etapa, jogando muito e desta vez chegou ao topo do nosso Top 25! Pelas grandes atuações e pelo histórico triplo duplo, a equipe do Território o escolheu como o melhor jogador da sede de Belo Horizonte da 4ª etapa da LDB 2013!

 

   
  < voltar
   
 
 
Esporte Clube Ginástico
Sede: Av. Afonso Pena, 3328 / CT: R. José Rodrigues Pereira, 411
Belo Horizonte - MG - CEP: 30130-000
Tel.: (31) 3221-8044 / 3309-8044
Desenvolvimento e Administração: Guia das Vertentes!